Início > Cursos e Vivências > Dançar o feminino

Dançar o feminino


O princípio Feminino é visto aqui como um grande todo integrado que se manifesta de diferentes formas, revelando a diversidade da energia criativa da vida.
No cotidiano, podemos observar a manifestação deste princípio de várias maneiras, por exemplo, através de um feminino mais maternal, um feminino mais assertivo, um feminino mais intuitivo, instintivo ou sensual. Trazemos todas essas potencialidades arquetípicas em nós.

Conteúdo:

Nesta vivência, vamos acessar diversas faces do feminino através do método Biodanza -um sistema de desenvolvimento humano criado pelo psicólogo e antropólogo chileno Rolando Toro que integra gestos naturais ao som de músicas específicas, facilitando o contato com as próprias emoções e a conexão com a vida. A Biodanza reúne desde músicas mais vitalizantes até músicas relaxantes.

Para praticar a biodanza não é preciso saber dançar, pois a dança aqui é vista como movimento livre, pleno de sentido. Busca-se promover uma conexão direta com o aqui e agora e com as sensações, integrando vivencialmente as forças arquetípicas geradas no movimento.

O encontro integra momentos vivenciais (práticas de biodanza), partilhas de conhecimentos sobre o tema e momentos em conexão com a natureza.

Benefícios e objetivos:

– Um maior empoderamento feminino
– A capacidade de Integrar os diferentes aspectos do Feminino em si
– Estímulo à expressão das próprias potencialidades
– Despertar para a capacidade criativa na própria vida
– Restaurar-se através das vivências de autocuidado amoroso

Carga horária

10 horas

Está inserida no ritmo de Nazaré Uniluz, mas é de responsabilidade da facilitadora.

Informamos que há um mínimo necessário de 3 participantes para que a vivência aconteça. Uma notificação será enviada aos interessados pela secretaria em até cinco dias de antecedência.

Datas, valores e inscrição - clique abaixo:

abril 2019

26abr(abr 26)00:0028(abr 28)00:00Dançar o feminino

WhatsApp chat Atendimento WhatsApp
X
X