Retiro Viver em Grupo – O Poder da Pausa

com , , , , e

Quando: 31/05/2018 a 03/06/2018

retiro viver em grupo

Você está presente no fluxo do tempo do agora?

A pausa nos convida a observar esse fluxo intenso e relaxar em pura receptividade fluente, uma ponte que nos deixa atentos para transições e transformações que acontecem a todo momento.

A proposta do Viver em Grupo é inspirar a redescoberta dos valores espirituais na vida cotidiana, praticando o exercício da atenção plena, da simplicidade, do cuidado amoroso e de outros princípios de Nazaré Uniluz.

Por meio de atividades em espaços como horta, padaria, cozinha, jardim, de meditação em grupo, momentos de silêncio e grupos de estudos, iremos vivenciar uma experiência de encontro consigo mesmo, com os outros e com o sagrado que o poder da pausa nos apresenta em cada momento.

Desenvolvido e aperfeiçoado desde 1982 por Nazaré Uniluz, o Viver em Grupo é um programa de educação transdisciplinar voltado para o autoconhecimento e desenvolvimento integral do ser humano – visando uma maior consciência de si mesmo e de sua inter-relação com o Todo. Seu método é baseado nos princípios da instituição como: silêncio, meditação, atenção plena, serviço altruísta e cuidado amoroso. Busca inspirar, através do convívio grupal, a redescoberta dos valores espirituais na vida cotidiana.


Chegada: entre 16h00 e 18h30 de quinta-feira
Saída: após o almoço de domingo

Para mais informações, escreva para secretaria@nazareuniluz.org.br ou reserve sua vaga clicando no botão abaixo:

Investimento: R$740,00 (inclui alimentação completa – ovolactovegetariana - e hospedagem em quarto individual).

Valores acima desse são apreciados e bem-vindos, contribuindo com a vinda de mais pessoas.

Uniluz
Nazaré Uniluz é uma escola de desenvolvimento integral do ser humano e de sua inter-relação com a Totalidade da Vida. O princípios que norteiam seu trabalho, desde sua criação no início dos anos 80, são meditação, o silêncio, a plena atenção, a ordem cerimonial, o serviço altruísta. Com práticas que aliam a experiência individual e grupal, oferece-se um rico campo para processos de auto-conhecimento e expansão da consciência.

Ana Fanelli
Residente em Nazaré Uniluz, nutricionista, desde sempre apaixonada por alimentação saudável e instrutora de mindful-eating. Na sua trajetória de se aprofundar no autoconhecimento, fez a Formação Holística de base da UNIPAZ, com foco na educação para uma cultura de paz. Acredita no potencial do trabalho em grupo para o desenvolvimento Ser.

Bethânia Bonamigo
Buscadora do autoconhecimento e de transformações. Realizou um ano trabalho voluntário em permacultura, onde sentiu a necessidade de se aprofundar em uma jornada de descobertas. Em 2017 formou-se em yoga e participou do 10º curso Despertar da Consciência e do Propósito, desde então reside em Nazaré Uniluz.

Karen Larissa Muller
Buscadora de si e do mundo, atualmente é residente em Nazaré Uniluz. Formada em enfermagem com larga experiência em cuidar. Em 2017 participou do curso o Despertar da Consciência e do Propósito. Vive essa experiência motivada por estar em comunidade, realizar o serviço altruísta, cuidar do próximo, aprendendo com a jornada da vida.

Valéria Serafim
É instrutora de yoga ( Pós graduação com prof. Marcos Rojo) e terapeuta corporal ( massagem método kussum modak e ayurvédica). Atua como voluntária em Nazaré Uniluz desde 2011

Rita Cruz
Graduada em Educação Musical (UNESP) e Pós Graduanda em Pedagogia da Cooperação e Metodologias Colaborativas (Projeto Cooperação/UNIP), desde 2015 se dedica ao estudo e prática da Música Corporal. É facilitadora de música e pedagogia da cooperação no projeto Ser Música, coordenadora executiva do projeto Música do Círculo, integrante do grupo Orquestra Corporal (direção de Fernando Barba e Stênio Mendes). Já estudou com Keith Terry, Zuza Gonçalves, Pedro Consorte, Ronaldo dos Santos, Reinhard Flatischler (Taketina), Lucas Ciavatta (O Passo) e integra o grupo de estudos sobre percussão corporal orientado por Fernando Barba, e o grupo de estudos sobre o Desvendar da Voz, orientado por Rita Maria. Foi professora de artes da rede municipal de São Bernardo do Campo (2016).