Imensa gratidão a todos que passaram por aqui e deixaram seu depoimento para que, através do olhar de cada um de vocês, possamos transmitir um pouco do que é possível vivenciar em Nazaré Uniluz.
Para pesquisar, digite no campo “Filtrar” o seu nome (caso tenha deixado seu depoimento) ou tema para buscar partilhas específicas.

Partilhas


José Roberto em “Retiro Viver em Grupo” (nov/12)

23/11/2012

“Tudo muito bom, além das expectativas para quem está começando a caminhar nas veredas do conhecimento. Acredito que temos de botar a mão na massa… literalmente, ou seja, plantar, colher, fazer aquilo que se sabe e se colocar como aprendiz para o todo.”

Daniela em “Retiro Viver em Grupo” (nov/12)

23/11/2012

“O Retiro Viver em Grupo do qual participei fortaleceu meu propósito de viver a experiência do voluntariado. Desejo partir para o próximo passo que é a imersão. Foi uma semana maravilhosa de sintonia com meu EU partilhando a vida com pessoas maravilhosas neste lugar fantástico! Obrigada a todos que fazem parte de Nazaré Uniluz. Paz […]

Adriana em “Retiro Viver em Grupo” (nov/12)

23/11/2012

“O que mais me agradou foi a simplicidade, a humildade tanto do lugar como das pessoas. Esse contato com a Natureza que nos eleva a um contato maior com a espiritualidade nos lava a alma, acreditando que é possível viver neste mundo sem se abater por qualquer energia negativa que nos chega através do meio […]

Cláudia em “Retiro Viver em Grupo” (nov/12)

23/11/2012

“Motivou a vinda o contato com a natureza, o sentir consciente. Eu me sinto muito relaxada, centrada e mais consciente. Nazaré está muito harmônico em todos os sentidos e é exatamente como me sinto.”

Carolina em “Retiro Viver em Grupo” (out/12)

26/10/2012

“Sempre gostei de ajudar em Nazaré e sempre tive vontade de participar do Viver em Grupo. Foi a primeira vez nessa vivência. Muita paz. Interiorização. Na cozinha, ao descascar batatas (muitas!) mudava minha pele velha que sofreu, por muito tempo, as machucaduras do fracasso e os ferimentos da mediocridade. Hoje minha pele velha se assemelha […]